sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Penumbra...

Cheguei da oficina com a cabeca embaralhada.
Me sentindo perdida, confusa, ridícula.

Sei que o teatro é mais profundo que alguns suspiros.
... ou uma luz bem projetada.
Senti na pele essa verdade.
E procuro, mas encontrei nada.
Nada.

Que droga de sensação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário